Assuntos de Goiás TV

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Dilma inaugura estação de bombeamento que integra rio São Francisco

A presidenta ‎Dilma Rousseff inaugurou nesta terça-feira (22), a segunda Estação de Bombeamento do Projeto de Integração do Rio São Francisco, em Floresta, Pernambuco. 

Em discurso, Dilma garantiu que mesmo com crise, o projeto de integração será concluído no próximo ano.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Human Rights Foundation crítica Messi por visita ao Gabão

A recente visita de Lionel Messi ao Gabão continua a dar que falar. Agora foi a ‘Human Rights Foundation’ (Organização Não-Governamental) que criticou a viagem do astro argentino no mês passado.

"Lionel Messi prejudicou seriamente a credibilidade da sua própria Fundação ao colocar-se ao lado da família Bongo e servir como instrumento de relações públicas desta cruel e corrupta ditadura", disse em nota o presidente da ONG, Thor Halvorssen.

"É perturbador e incoerente que Messi, que apoia os direitos das crianças e é embaixador da UNICEF, tenha alimentado a propaganda de um regime cleptocrático, que se recusa a investigar crimes horrendos, entre eles, rituais onde crianças são sacrificadas", acrescentou.

Por sua vez, Alex Gladstein, diretor de estratégia da ‘Human Rights Foundation’ considerou "surpreendente que os representantes de Messi e o próprio atleta tenham decidido colocar o seu prestígio a serviço de um violador dos direitos humanos.

O craque argentino, Lionel Messi, viajou até ao Gabão com o objetivo de promover o Campeonato Africano das Nações em 2017, que será realizado no país africano.
abola.pt


domingo, 19 de abril de 2015

Agência repassou R$ 311 mil a ex-deputado preso na Lava Jato

O pagamento foi feito em 26 de fevereiro do ano passado. Três semanas antes a FCB Brasil tinha conquistado uma conta de R$ 110 milhões na petroleira. 

A empresa pediu que a produtora 02 Filmes Publicitários fizesse o repasse.

O juiz Sergio Moro, que está à frente das investigações da Lava Jato, considera que o repasse é propina porque a empresa de Vargas que recebeu o montante, a LSI Solução em Serviços Empresariais, não tem atividade nem funcionário, de acordo com a Receita Federal.
Agência repassou R$ 311 mil a ex-deputado preso na Lava Jato


domingo, 5 de abril de 2015

Cúria Romana analisa pedido de beatificação de Dom Hélder Câmara

A Cúria Romana analisa o pedido feito pela Arquidiocese de Olinda e Recife para iniciar o processo de beatificação de dom Hélder Câmara. A expectativa agora está no posicionamento dos dicastérios, que são departamentos do governo da Igreja Católica que compõem a Cúria.

Uma carta enviada à arquidiocese pelo prefeito da Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Amato, explica que, caso seja dado o Nihil Obstat (Nada Consta), a Igreja em Olinda e Recife poderá iniciar o processo na diocese.

De acordo com a arquidiocese, a primeira etapa do processo consiste em nomear dom Hélder Servo do Senhor. Em seguida, a partir da aprovação de estudos feitos por uma comissão jurídica, com base da análise de textos publicados pelo religioso e de testemunhos de pessoas que o conheceram, o papa concede o título de Venerável Servo do Senhor. Então, o passo seguinte é a beatificação.

Dom Hélder Câmara nasceu em 7 de fevereiro de 1909 em Fortaleza. Ingressou no seminário da capital aos 22 anos e teve uma vida religiosa marcada pela atenção aos mais necessitados.Entre outras atividades exercidas por dom Hélder, destacam-se a passagem pelo arcebispado do Rio de Janeiro, onde foi bispo auxiliar na década de 40, com forte ação social, e pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da qual foi secretário durante 12 anos (1952-1964).

Foi nomeado arcebispo de Olinda e Recife em 12 de abril de 1964, poucos dias depois do golpe militar. Em agosto de 1969, foi acusado de ser demagogo e comunista por ter criticado a situação de miséria dos agricultores do Nordeste.

A partir desse episódio, dom Hélder passou a sofrer várias represálias. Teve a casa metralhada, assessores seus foram presos e sua indicação para o Prêmio Nobel da Paz foi boicotada pelo governo militar, já que ele denunciava a tortura praticada contra presos políticos. Dom Hélder recebeu, entretanto, vários outros prêmios internacionais pelo trabalho em defesa dos direitos humanos, como o Prêmio Popular da Paz, na Noruega, em 1974, e o Martin Luther King, nos Estados Unidos, em 1970.

Dom Hélder Câmara morreu no dia 27 de agosto de 1999 em sua casa, no Recife. Seus restos mortais estão sepultados na Igreja Catedral São Salvador do Mundo, em Olinda.
Jornal do Brasil - Internacional - Cúria Romana analisa pedido de beatificação de Dom Hélder Câmara


sábado, 28 de fevereiro de 2015

É imoral, mas perfeitamente legal: Ministro do STF nega suspender emissão de passagem para cônjuge de deputado

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou na noite de sexta-feira (27) pedido de liminar (decisão provisória) do líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), para que fosse suspensa a decisão da mesa diretora da Câmara que autorizou a emissão de passagens aéreas pagas com dinheiro público para os cônjuges de deputados e deputadas.

Zavascki requisitou mais informações à mesa diretora da Câmara e determinou à Procuradoria-Geral da União (PGR) e à Advocacia-Geral da União (AGU) que se manifestem a respeito.
G1 - Ministro nega suspender emissão de passagem para cônjuge de deputado - notícias em Política


terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

PT indica Luiz Sérgio, ex-ministro da Dilma, para relator da CPI da Petrobras

Chumbo trocado entre tucanos e petistas vai além da corrupção na Petrobras. O PSDB sonha em não deixar Dilma governar e em contrapartida, o PT quer incomodar ao máximo os líderes opositores.

Quem ganha com isso? Não é o Brasil.

 O PT vai pedir que também seja investigado o período do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, após depoimento do ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco, um dos presos pela Operação Lava Jato, segundo o qual o esquema de corrupção e pagamento de propina começou em 1997.
PT indica Luiz Sérgio para relator da CPI da Petrobras - Terra Brasil


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Delator de esquema criminoso no RN denuncia Agripino Maia (DEM). Nem Aécio e nem Caiado se manifestaram sobre o assunto

Em depoimento ao Ministério Público do Rio Grande do Norte, o advogado George Olímpio afirmou que o senador José Agripino (DEM) pediu R$ 1 milhão para a campanha política de 2010, doação suspeita que teria sido paga com ajuda de um agiota. 

George Olímpio firmou acordo de delação premiada com o MP e prestou depoimento em agosto de 2014 - quando revelou detalhes de um suposto esquema de corrupção envolvendo o Departamento de Trânsito do RN.
G1 - Doação suspeita a senador foi paga com dinheiro de agiota, diz advogado - notícias em Rio Grande do Norte


Seguidores