Assuntos de Goiás TV

domingo, 19 de abril de 2015

Agência repassou R$ 311 mil a ex-deputado preso na Lava Jato

O pagamento foi feito em 26 de fevereiro do ano passado. Três semanas antes a FCB Brasil tinha conquistado uma conta de R$ 110 milhões na petroleira. 

A empresa pediu que a produtora 02 Filmes Publicitários fizesse o repasse.

O juiz Sergio Moro, que está à frente das investigações da Lava Jato, considera que o repasse é propina porque a empresa de Vargas que recebeu o montante, a LSI Solução em Serviços Empresariais, não tem atividade nem funcionário, de acordo com a Receita Federal.
Agência repassou R$ 311 mil a ex-deputado preso na Lava Jato


Seguidores